ea-banking-school-logo.png

O guia definitivo das certificações bancárias

Conheça a realidade do mercado financeiro, a característica de cada certificação bancária e a importância de conquistar a sua.


Nos dias de hoje, quase metade dos brasileiros tem saldo em investimentos realizados nos últimos anos e já se considera familiarizado com o mercado financeiro. Ao menos, é este o cenário apontado por uma pesquisa realizada pela Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (ANBIMA), em que apontou o tema como cada vez mais comum no país, já fazendo parte da vida de 42% da população, número que equivale a 41 milhões de pessoas.


O fato de as pessoas serem cada vez mais economicamente ativas no Brasil, além de evidenciar o crescimento da educação financeira, mostra a necessidade de os profissionais que lidam diretamente com o mercado terem suas qualificações aumentadas. Atualmente, é uma chancela fundamental - além de exigida por lei - para pessoas que almejam ou que já são atuantes em instituições financeiras, para exercerem funções que atendam àqueles que buscam auxílio profissional para fazer seus investimentos.


Se o seu desejo é ingressar na área de finanças ou ampliar o seu currículo com qualificações para ganhar destaque na empresa em que atua, o texto de hoje aqui no Blog da EA é escrito para você. Aqui, vai conhecer algumas das principais certificações no mercado financeiro e esclarecer todas as suas dúvidas em relação a elas.



O que é CPA-10?


O mercado financeiro é uma área de estudos muito extensa e todo profissional que quer se manter atualizado em sua área de atuação ou que quer ingressar em uma instituição financeira deve iniciar um processo de qualificação do seu currículo. Uma excelente maneira de dar o primeiro passo é a Certificação Profissional ANBIMA - Série 10.


A CPA-10 é considerada a porta de entrada para o mercado financeiro por ser o nível mais básico de certificações. É direcionada a assegurar que profissionais da área possam desempenhar atividades de comercialização e distribuição de produtos de investimento diretamente junto ao público investidor em agências bancárias, da mesma forma que também atuem com atendimento ao público investidor em centrais de atendimento.


Todos os profissionais que trabalham nas áreas de venda ou prospecção de investimentos devem ter suas habilidades certificadas por uma entidade reconhecida. Atualmente, são mais de 391 mil pessoas com essa certificação em todo o Brasil, colocando-a em um patamar de praticamente obrigatória para quem sonha em trabalhar dentro de um banco.


Se interessou?


Aproveite e inicie agora mesmo a sua preparação com a EA Banking School


Não há nenhum pré-requisito para que quem está interessado em garantir a sua CPA-10 possa fazer a prova para a certificação. Independentemente do grau de escolaridade ou vínculo com instituição afiliada à ANBIMA, o profissional pode efetuar a sua inscrição e realizar a avaliação.




O que é CPA-20?


Como um processo de evolução da certificação CPA-10, todas as funções que são realizadas por ela podem ser exercidas, também, por quem tem a Certificação Profissional ANBIMA - Série 20. É considerado como um segundo nível de certificação para profissionais da área financeira, ou seja, o profissional estará apto a assumir cargos mais altos dentro da instituição em que está inserido.


Portanto, a CPA-20 é destinada aos profissionais que desejam ampliar as suas qualificações para que, dessa forma, possam desempenhar funções consideradas de maior responsabilidade dentro de suas empresas.


São elas:

  • Venda de produtos de investimento;

  • Varejo de Alta Renda e Investidores institucionais;

  • Manutenção de carteira nos segmentos Private Banking e Corporate;

  • Todas as áreas de atuação de um certificado CPA-10.


É evidente que a CPA-20 coloca o profissional certificado em um patamar acima. Sua posição é de mais destaque e muito mais próxima do investidor do que antes, atuando principalmente na manutenção de carteira de clientes.


Estude com a EA Banking School e tenha o melhor conteúdo sobre CPA-20


Para que a pessoa realize a prova de Certificação Profissional ANBIMA - Série 20, não é necessário ter a CPA-10. Se você tem tempo para se preparar, pode iniciar com a CPA-20. Afinal, a avaliação não exige qualquer tipo de pré-requisito acadêmico ou vínculo com instituição afiliada à ANBIMA.




O que é CEA?


Sem contar com a mesma popularidade da CPA-10 e da CPA-20, que são certificações básicas do mercado financeiro, a CEA - Certificação de Especialista em Investimentos ANBIMA não compartilha da mesma condição com os profissionais da área. Enquanto as duas primeiras contabilizam, juntas, mais de 480 mil profissionais certificados no país, a CEA não alcança 4 mil pessoas.


Ainda assim, é considerada um dos mais altos patamares entre as certificações bancárias por ser a mais avançada no segmento de varejo dos produtos financeiros. A CEA qualifica profissionais para assessorar gerentes de contas de investidores pessoas físicas, podendo indicar produtos de investimento, exercer todas as atividades dos profissionais qualificados pela CPA-10 e CPA-20 e atuar como consultor de investimentos autorizado pela CVM.


No mínimo 75% dos funcionários de instituições financeiras que desempenham funções de consultoria de investimento necessitam da certificação CEA, segundo o Código de Regulamentação e Melhores Práticas da ANBIMA.


Portanto, para todos os profissionais que desejam um crescimento para o seu currículo profissional, a Certificação de Especialista em Investimentos ANBIMA é a mais recomendada e exigida. Além disso, é qualificação obrigatória por lei para que se alcance o cargo de Gerente de Alta Renda ou Pessoa Jurídica em instituições financeiras.


Resolveu alterar o rumo da sua carreira?


Você pode alcançar esse nível profissional estudando com a EA Banking School


Não há pré-requisitos para que quem deseja dar um upgrade na sua profissão com a CEA - Certificação de Especialista em Investimentos ANBIMA, a prova não exige formação acadêmica ou alguma certificação anterior, basta fazer a sua inscrição. Desde o mês de julho de 2019, as avaliações são realizadas quinzenalmente. O agendamento pode ser efetuado o ano todo.




O que é ANCORD?


Agora sairemos do panorama da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (ANBIMA) e, embora o nome seja bastante semelhante, a ANCORD em nada tem relação com a instituição. A sigla é de Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários, Câmbio e Mercadorias e sua responsabilidade é unir e representar as empresas do mercado de capitais e financeiro.


Atualmente, são contabilizados mais de 70 instituições financeiras e 130 agentes autônomos associados na entidade. Todos têm direito de receber direcionamento técnico e jurídico, cursos, treinamentos e, claro, certificações. Ou seja, a instituição agrupa empresas e profissionais atuantes no mercado e fornece conhecimento para quem deseja se desenvolver cada vez mais nos negócios.


A certificação ANCORD AAI garante aos aprovados no exame a permissão de trabalhar como Agente Autônomo de Investimentos (AAI). Portanto, se é desejo do profissional, este é o único caminho a seguir, já que, no Brasil, a única entidade que possui autorização da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) para oferecer a certificação é a ANCORD.


Além de verificar a qualificação técnica de quem tem interesse na obtenção de autorização para o exercício profissional da atividade de Agente Autônomo de Investimento, o exame também é válido para comprovar os conhecimentos dos empregados das instituições financeiras e demais instituições autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


O Agente Autônomo de Investimentos será o cara mais próximo do cliente e ficará responsável pelo relacionamento, com o intuito de esclarecer todas as dúvidas que a pessoa que estiver consultando o serviço venha a ter na hora de fazer os seus investimentos.


Vai fazer o exame?


Prepare-se com a escola bancária que mais aprova em exames de certificações.


Algumas exigências são solicitadas para que o profissional possa realizar a prova da ANCORD. São elas:

  • Ter concluído o ensino médio ou curso equivalente;

  • Encontrar-se no pleno exercício de seus direitos civis, ou seja, não ter antecedentes criminais;

  • Estar de acordo com as exigências contidas no regulamento da prova;

  • Realizar o correto preenchimento do formulário de inscrição, comprometendo-se com a veracidade das informações.


Quaisquer declarações inverídicas ou irregularidades na documentação identificadas no decorrer do processo poderão acarretar eliminação.




O que é CFP®?


Se a intenção do profissional é ir além e atuar em setores de planejamento financeiro pessoal, em especial no atendimento a clientes dos segmentos de varejo Alta Renda e Private Banking, a realidade do mercado vai exigir a Certified Financial Planner (CFPⓇ). Mesmo que não seja obrigatória para as atividades, funciona como um selo de qualidade que as instituições financeiras procuram para escolherem os profissionais que atuam no setor.


A diferença para ganhar destaque no mercado é tanta que, nos últimos anos, a procura pela certificação CFPⓇ aumentou em 27% e já contabiliza o número de mais de 1,8 mil planejadores financeiros certificados. Atualmente, o Brasil conta com 4 mil profissionais da área e ocupa a 10ª posição no ranking global do Financial Planning Standards Board (FPSB), entre os 26 países em que a CFPⓇ está presente.


A Certified Financial PlannerⓇ foi criada nos Estados Unidos e tem o status de um dos documentos mais importantes e respeitados para aqueles que almejam a profissão de planejador financeiro. No Brasil, a certidão é dada pela Associação dos Planejadores Financeiros (Planejar), empresa filiada à FPSB.


Para quem deseja se tornar um agente que auxilia na organização de finanças pessoais, com habilitação a dar todo o suporte necessário para uma gestão melhor de patrimônios é necessário estar por dentro de áreas como Planejamento Financeiro e Ética, Gestão de Investimentos, Planejamento da Aposentadoria, Gestão de Riscos e Seguros, Planejamento Fiscal e Planejamento Sucessório.


Pretende se qualificar e encarar o exame para tirar o seu CFPⓇ?


Além de ser aprovado na prova da Associação dos Planejadores Financeiros, o candidato também necessita de:

  • Experiência de três anos nas atividades de finanças para pessoas físicas ou um ano, em caso de experiência supervisionada;

  • Estar de acordo e aceitar ao código de ética da Planejar;

  • Ser formado em curso superior reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC).


Com a EA Banking School, você pode se tornar um Especialista em Investimentos, Banking e Certificações, ter seu certificado de conclusão de curso validado junto ao Ministério da Educação e ainda se preparar para o exame de CFP®.


Conheça mais sobre o MBA em Investimentos, Banking e Certificações




Existem outras certificações bancárias?


A cada dia que passa, o mercado financeiro ganha mais força no país e a quantidade de siglas pode causar um pouco de confusão na hora de escolher a melhor opção para o ramo que você quer seguir. Mas, com um pouco de calma e uma análise mais aprofundada das certificações, é possível observar a especificidade de cada uma.


Por isso, fizemos esta análise para você que é tão apaixonado pela área de fianças quanto nós. E o principal resultado vai ser do seu total interesse: não é necessário se preocupar em acumular certificados para atuar no mercado financeiro. Agora, você vai conferir mais algumas certificações importantes do mercado, com todas as suas particularidades e área de atuação.


CNPI - Certificado Nacional do Profissional de Investimento

Realizado pela Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais (APIMEC), esta certificação tem como objetivo elevar os padrões profissionais de investimento a níveis internacionais. É obrigatória para os especialistas em análises e emissão de relatório.


A certificação se divide em três tipos: CNPI, para analistas fundamentalistas; CNPI-T, para analistas técnicos; e CNPI-P, sendo a mais completa, destinada ao analistas técnicos e fundamentalistas.


O profissional certificado é o único do mercado autorizado a realizar indicações de investimento.


CGA - Certificado de Gestores ANBIMA

Esta certificação é obrigatória para o profissional que quer atuar como gestor de fundos de investimento. Ou seja, o cargo desempenha atividades de responsabilidade e tem permissão para gerenciar um portfólio de investimentos de terceiros, aplicando dinheiro onde acredita ser mais rentável.


Diferentemente de certificações mais básicas da ANBIMA, o exame da CGA acontece apenas quatro vezes ao ano.


CFA - Chartered Financial Analyst

Ao contrário das outras, esta certificação não é obrigatória para nenhuma função dentro do mercado financeiro. Entretanto, em razão do alto nível de prestígio que tem na área, é muito bem quista em currículos analisados por instituições financeiras.


Sua estrutura é composta em três níveis — avaliações em que o candidato precisa ser aprovado para garantir a aprovação —. A complexidade é tão grande que a CFA é considerada como um curso superior, em razão do tempo e exigências.


A prova é feita em inglês e caem muitos conteúdos de finanças. O tempo é de seis horas para cada nível. É considerada uma das três principais certificações financeiras no mundo.



Por que estudar para certificações bancárias vai ajudar você a conquistar um futuro de sucesso?


Como retratamos no início deste artigo, o brasileiro tem buscado mais informações sobre como investir e trabalhar o seu dinheiro. Segundo dados da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (ANBIMA), a população tem a consulta presencial como forma favorita para a busca de informações sobre produtos financeiros.


Ainda de acordo com os dados divulgados pela instituição, 42% de todas as pessoas analisadas sentem mais segurança ao fazer um bate-papo com seu gerente para esclarecer dúvidas sobre seus investimentos, 33% recorrem a amigos ou parentes e 28% vão buscar informações em sites de notícias ou blogs especializados no assunto.


É por isso que, cada vez mais, as instituições financeiras tendem a qualificar o seu quadro de colaboradores, seja com profissionais que já fazem parte do grupo, seja buscando novos servidores para o ambiente corporativo.


Seja um profissional capaz de atender todos os setores do mercado.


Na mesma proporção em que a realidade da área cresce em procura, o cenário das vagas conta com remunerações atrativas, com direito a bônus e participação nos lucros. Mas, como toda profissão, o processo para trilhar um caminho profissional sólido é um desafio.


Eis, então, a importância das certificações para o seu crescimento profissional. Em momentos, são qualificações extras, em outras, pré-requisitos. O fato é que as certificações são, além de reflexos do seu empenho e vontade em crescer no mercado financeiro, fontes de aprendizado específicos e fundamentais para essa profissão.



CPA-10 | CPA-20 | CEA | ANCORD | MBA IBC

Informações

Institucional

UniBTA

UOL EdTech

FAQ

Sala de aula

Nossos cursos

Matrículas

+55 51 2101-0120

+55 51 99770-2100

vendasea@uolinc.com

Materiais de estudo

Receba em primeira mão, gratuitamente, materiais de estudo preparados por nossos especialistas.

Contato

+55 51 3511-4164

atendimentoea@uolinc.com

© EA Banking School. Todos os direitos reservados. CNPJ: 17.543.049/0002-74

Política de privacidade.