• Gustavo Calçavara

Ainda vale a pena fazer poupança para os filhos?

Atualizado: 30 de mai.

Quando se descobre uma gravidez, muitos casais já começam a pensar na poupança para os filhos, para que futuramente consigam financiar os estudos da criança ou, até mesmo, entregar o montante para ela quando se tornar um adulto.


No entanto, você sabe se essa opção é realmente vantajosa? A EA Banking School te explica os prós e contras dessa escolha. Não deixe de ver todas as informações e comece a planejar seu orçamento familiar!


Ainda vale a pena fazer poupança para os filhos?

Antes de mais nada, o que é a poupança para os filhos?


Para começar a pensar se vale a pena ou não fazer uma poupança para seus filhos, é preciso entender do que exatamente estamos falando. Todo dinheiro que você guarda, seja em um cofrinho ou investido em uma aplicação de longo prazo, é um tipo de poupança. Isso porque a expressão se refere ao ato de poupar dinheiro para seu futuro – ou o de seus filhos, neste caso.


No entanto, existe também a conta poupança, uma forma de aplicação bancária em que você pode depositar uma quantia que irá gerar lucro, segundo uma taxa pré-estabelecida. E é sobre essa forma de investimento que iremos falar neste conteúdo, pois ela costuma gerar dúvidas nos pais ou responsáveis que desejam guardar um valor para o futuro de uma criança.


Aprofundamos ainda mais detalhes sobre essa opção de conta no post "Saiba quanto rende a poupança e porque escolher outros investimentos!!.


Vantagens de fazer uma conta poupança para os filhos


Por muito tempo, os brasileiros buscavam a poupança como sua primeira – e, na grande parte das vezes, única – opção de investimento, pois o mercado financeiro e as aplicações na bolsa de valores não eram tão acessíveis. E, mesmo que a realidade já não seja mais essa, existem outras vantagens que levam as pessoas a optar por essa saída para guardar seu dinheiro.


Confira algumas delas:

  • quase todos os bancos oferecem a opção de conta poupança, então é de fácil acesso;

  • não é necessário acompanhar o mercado para aumentar seu lucro, a taxa é fixa;

  • seus rendimentos não precisam ser declarados no Imposto de Renda;

  • é possível retirar qualquer quantia da caderneta de poupança a qualquer momento que desejar.

No entanto, não podemos deixar de destacar também os pontos negativos dessa opção de investimento.


Desvantagens de optar por uma poupança para os filhos


Você já percebeu que a poupança para filhos, ou para si mesmo, já não é uma opção muito popular, certo? Conheça as desvantagens dessa opção:

  • o rendimento da poupança é muito baixo comparado aos anos anteriores e, também, a outros investimentos;

  • os juros da caderneta de poupança estão abaixo do valor da inflação;

  • o rendimento demora um mês para ser contabilizado;

  • não permite variar sua carteira de investimentos;

  • não é a opção mais segura para colocar seu dinheiro.

Sabendo de todos estes pontos, resta apenas um questionamento: devo ou não escolher a poupança para meus filhos?


Então, vale a pena ou não fazer a poupança para meus filhos?


Avaliando os pontos positivos e negativos da caderneta de poupança, como uma opção para guardar um valor para o futuro de seu filho, podemos dizer que essa não é uma alternativa que vale a pena apostar. Mesmo que ela gere algum lucro, nem de perto é a melhor opção disponível no mercado e você deixaria de guardar uma boa quantia caso escolhesse esse tipo de conta como sua fonte de investimentos.


Para justificar essa afirmação, elencamos alguns pontos importantes para considerar:

  • a poupança não é o único investimento que os rendimentos não são declarados no Imposto de Renda;

  • existem outras ações de renda fixa que não precisam de cuidados diários para lucrar;

  • há alternativas com liquidez diária que são mais lucrativas;

  • opções como o Tesouro Direto são mais seguras que a poupança;

  • existem formas de aplicar em inúmeros investimentos apenas com uma conta digital, então a poupança já não é mais vantajosa por sua facilidade.

Com isso em mente, que tal conhecer opções realmente vantajosas para criar um "pé de meia" para seus filhos? A EA Banking School te conta!


Quais investimentos podem substituir a poupança para meus filhos?


Selecionamos algumas excelentes opções que você pode escolher para poupar um dinheiro pensando no futuro de seus filhos e que serão bem melhores que a caderneta de poupança. Veja quais são elas!


1. CDB (Certificado de Depósito Bancário)

O CDB é uma aplicação em que você colocará seu dinheiro e ele funcionará como um empréstimo para os bancos. Dessa forma, terá os lucros a partir das taxas indexadas ao CDI (Certificado de Depósito Interbancário), o que gera juros que chegam a render 120% do CDI. É possível iniciar seu investimento nessa alternativa apenas com um celular e uma conta na corretora de valores.


2. LCI e LCA


O LCA (Letra de Crédito do Agronegócio) e o LCI (Letra de Crédito Imobiliário) são opções que também não são taxadas pelo Imposto de Renda e também são mais seguras. Escolhendo uma dessas, você conseguirá um lucro bem maior que se optar pela caderneta de poupança.


Nesse caso, você estará emprestando seu dinheiro às instituições bancárias e receberá o lucro com correção de juros.


3. Tesouro Direto


O Tesouro Direto é uma opção de renda fixa e é uma das opções mais seguras, pois seus títulos são emitidos pelo Governo Federal. Seus rendimentos saem diretamente do Tesouro Nacional e os valores obtidos por essa opção são altos. Pensando na questão de poupança para filhos, é ainda mais recomendável, pois essa é uma alternativa de investimento a longo prazo.


Comece agora a guardar o dinheiro para investir no futuro de sua família, pois o mercado financeiro pode ser, além de uma profissão, uma forma de poupar recursos. Para encontrar mais dicas no mundo dos investimentos, acompanhe o blog da EA Banking School!


E, se você se interessou por alguma das opções que apresentamos e que tem uma taxa contínua, confira nosso guia sobre o que é fundo de renda fixa e como investir nessa alternativa!